Madri

Roteiro de Madri a Milão

Veja dicas de um roteiro de Madri a Milão (Itália). Esse trajeto é muito pesquisado pelos turistas que vão para a Europa e por isso, vamos sugerir um roteirinho para que aproveite ao máximo Madri e Milão.

Roteiro de Madri a Milão

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em Madri e na Espanha. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Espanha vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais.

O que levar em consideração antes da viagem?

Quando se pensa em fazer um roteiro por mais de uma cidade (e neste caso, duas cidades de 2 países diferentes e com uma boa distância entre elas), devemos levar em consideração alguns detalhes antes:

Número de dias: o número de dias que você possui para fazer o roteiro por Madri e Milão é muito importante para saber – além de quantos dias ficar em cada cidade – que pontos turísticos e passeios fazer em cada uma delas e quais outras cidades dá para encaixar no caminho.

Orçamento: o orçamento também é importante pois isso influencia como as viagens são feitas (ônibus, trem, aluguel de carro ou avião). Por exemplo: as viagens de ônibus e trem são as mais baratas, porém, as mais longas também. Já indo de carro, compensa um pouco mais (principalmente se for com mais gente) e o avião é a opção mais rápida, porém, nem sempre a mais barata!

Distância: são 1615 km entre Madri e Milão.

Roteiro: viagem entre Madri e Milão

Banner-Gabr
  • A vantagem dessa viagem é poder transitar livremente por eles, passando ainda por Andorra e Frnaça. Lembre-se que se for de avião (e não tiver cidadania europeia) terá de novamente mostrar passaporte e passar na imigração da Itália.
  • Leia a matéria como ir de Madri a Milão com todas as opções de meios de transporte, para que você avalie os prós e contras de cada.

Canais de Milão

Roteiro de Madri a Milão: 7 dias

Como o número de dias de roteiro vai variar de leitor para leitor (e levando em conta os detalhes que mencionamos acima), vamos sugerir um roteiro de 7 dias para visitar as duas cidades, sendo que um deles é dedicado à viagem, independente se vai de avião ou carro. Dessa forma, pode adaptar para mais dias ou para menos. A nossa sugestão de dias mínimos ficaria: 3 dias Madri e 3 em Milão (e um em viagem ou com alguma parada pelo caminho).

1º dia de roteiro: primeiro dia em Madri

Comece pela Puerta del Sol, uma das antigas portas de entrada da cidade, da época em que havia uma muralha rodeando Madri. É lá que fica também o marco zero de Madri. Depois, vá visitar o Palácio Real de Madri, uma área enorme e residência oficial da família real espanhola. Quando sair de Palácio, verá que em frente há uma Catedral. Trata-se da primeira catedral espanhola consagrada por um papa, a Catedral de Almudena.

Puerta del Sol em Madri

Na hora do almoço, vá ate o Mercado San Miguel, ótima opção para experimentar pratos típicos espanhóis. À tarde, visite a Plaza Mayor, outro local muito importante para a cidade, e sua entrada se faz por apenas um dos noves pórticos. Se tiver ainda tempo, passeie pela Gran Via, umas das principais avenidas da cidade e com ótimas lojas para você fazer compras.

Mercado San Miguel em Madri

2º dia de roteiro: segundo dia em Madri

No segundo dia você pode visitar todos os principais museus da cidade, que não são poucos. Entre os melhores estão o Museu do Prado, Museu Thyssen e Museu de Arte Reina Sofia. Todos valem a pena, cada um com seu encanto e obras significativas. Perto do Museu Thyssen, fica a famosa fonte de Cibeles, a qual sempre aparece nas comemorações de futebol. O Palácio Cibeles fica lá também e se você subir ao topo do edifício terá uma vista de Madri muito bonita.

Museu Thyssen em Madri

Veja a lista de restaurantes em Madri e escolha o mais próximo para almoçar. À tarde, depois do almoço, descanse fazendo um passeio pelo Parque del Retiro, onde está o Palácio Velásquez, o Palácio de Cristal e a estátua do anjo caído, que diz a lenda que é a única estátua ”em homenagem” ao diabo na Europa. À noite, se ainda tiver energias, confiar os bares de Madri para curtir a noite da capital.

Vida noturna em Madri - bar

3º dia de roteiro: terceiro dia em Madri

Visite o estádio do Real Madri, o Santiago Bernabéu e faça o tour, que dura aproximadamente duas horas. Mesmo quem não gosta de futebol pode fazer o passeio, já que o time é famoso no mundo inteiro e tem ótimos jogadores brasileiros e internacionais. Para se despedir da cidade, termine visitando uma outra porta importante em Madri, a Puerta de Alcalá, construída a pedido do Rei Carlos III, em 1778.

Estádio do Real Madri

Após isso, sugerimos seguir viagem para Milão, lembrando que a viagem de carro leva 17h portanto, se for essa a sua opção, saia o mais cedo possível e se quiser uma sugestão, pare em Montpellier (França) e depois siga, no dia a seguir, até Milão.

  • De Madri a Montpellier: 9h 46 min de carro

Veja onde ficar em Montpellier, com dicas de hospedagem.

De Madri a Montpellier: 9h 46 min de carro

  • De Montpellier a Milão: 7h 22 min de carro

De Montpellier a Milão: 7h 22 min de carro

4º dia de roteiro: primeiro dia em Milão

Para começar seu roteiro em Milão, a dica é que logo de cara você vá conhecer a praça mais famosa da cidade e uma das principais de toda a Itália, a Piazza Duomo. Lá você poderá visitar a famosa Catedral de Milão, que é a terceira maior igreja do mundo e foi eleita ponto turístico mais bonito da cidade; a estátua Equestre de Vittorio Emanuele II, que foi o primeiro rei da Itália, e ainda algumas lojinhas, bares e restaurantes.

Catedral de Milão na Piazza Duomo

Bem pertinho da Catedral, ainda na Piazza Duomo, está a Galeria Vittorio Emanuele II, um cruzamento de ruas coberto por uma cúpula de ferro. Isto faz com que o octógono tenha se tornado uma galeria fechada. O local é cheio de lojas de marcas conhecidas e restaurantes. Faça uma parada no Savini, um ótimo estabelecimento localizado lá, para experimentar o melhor da gastronomia italiana e beber uma tradicional taça de vinho.

Galeria Vittorio Emanuele II em Milão

Para finalizar seu dia, não deixe de ir conhecer o Teatro Alla Scala, que é considerado o teatro de ópera mais famoso do mundo. Antes de ir até lá, a dica é que você confira a programação de apresentações e veja se alguma delas lhe interessa e se encaixa em seu roteiro. Se não for possível assistir a nenhum espetáculo, não se preocupe, pois dá para fazer apenas um tour pela construção e ainda conhecer o Museo Scala, que tem um acervo cheio de peças que remetem à história do teatro e das grandes apresentações que já aconteceram ali.

Interior do Teatro Alla Scala

5º dia de roteiro: segundo dia em Milão

Para o seu segundo dia, a dica é que você faça passeios bastante relaxantes e culturais. Comece seu dia indo conhecer o  Sempione Park. Por lá é possível realizar atividades físicas, como andar de bicicleta ou correr; preparar um delicioso piquenique ou apenas caminhar e apreciar a imensa área verde. Este é o passeio ideal para quem está com a família, pois agrada a todos.

Criança e adulto brincando no Sempione Park

Bem ao lado do Sempione está o Castello Sforzesco, sua próxima parada. Durante seu passeio por esta construção você poderá conhecer, entre outras coisas, a Pinacoteca e o Museu de Arte Antiga. Além, é claro, de estar em contato com um dos monumentos mais antigos da Itália, que, mesmo depois tanto tempo e de ter passado por diversas transformações, não perdeu sua essência e continua sendo muito importante para a cidade.
Castello Sforzesco em Milão

6º dia de roteiro: terceiro dia em Milão

Comece seu último dia em Milão indo conhecer outro importante parque em Milão, o Giardini Pubblici di Porta Venezia, que é muito frequentado por moradores da cidade, mas pouco conhecido pelos turistas. Localizado na Corso Venezia, este é o primeiro parque público da cidade e antes era usando como entrada da família real da Áustria. Lá você poderá conhecer o Planetário e o Museu da História Nacional.
Parque Giardini Pubblici di Porta Venezia

Depois disso, utilize o restante do seu dia para conhecer o bairro Navigli, que é cheio de canais e considerado um dos mais descolados e alternativos da cidade. Com o passar dos anos, esta região passou por um intenso processo de desenvolvimento e se tornou ponto de encontro de uma enorme quantidade de moradores e de turistas.

Durante o dia, não deixe de conhecer os mercadinhos, galerias de artesanato, livrarias e pontes da região. Já ao anoitecer, as ruas começam a se iluminar com as luzes dos bares e o bairro fica bem movimentado. Não deixe parar em um estabelecimento para provar o famoso aperitivo italiano: você paga a bebida e pode comer à vontade.

Pessoas caminhando pelo bairro Navigli

Onde ficar em Milão?

Sem dúvidas, a melhor região onde ficar em Milão é o centro turístico, que, além de ser a região central da cidade, é onde estão os principais pontos turísticos por lá. A melhor localização possível para se hospedar no centro histórico é perto da Piazza Duomo, que será a praça que você mais vai visitar. O bom é que ela fica ao lado da Galeria Vittorio Emanuele II e junto com a Catedral, que são três dos principais pontos turísticos de Milão.

Mapa das melhores regiões para se hospedar em Milão

Se quiser ver melhor onde é essa região e quais os hotéis que ficam por lá, clique aqui que abrirá um mapa que montamos mostrando todos os hotéis dentro dessa região que é excelente. Já colocamos como filtro para só mostrar hotéis com nota 8 para cima, o que vai garantir uma excelente hospedagem. Ai é só colocar a data da viagem para ver os preços e escolher o seu. Ficando dentro dessa linha laranja que mostra no mapa, não tem erro.

Outras dicas de roteiros em Madri e Milão:

Muito mais dicas da Espanha no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis da Espanha, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos da Espanha. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Economize muito na viagem à Espanha

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre um roteiro de Madri a Milão, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir a qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Use seu celular à vontade em Madri e na Europa

Poder usar seu celular em Madri, Barcelona, na Espanha, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Com ele, poderá usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, escanear cupons de descontos, pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e se conectar através das redes sociais.

Outra vantagem, é que com internet você não precisa alugar um GPS para o seu carro, o que fará você economizar uns 100€. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre um roteiro de Madri a Milão quando estiver lá.

Usar o celular à vontade em Madri

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Madri

Agora que você já viu tudo sobre um roteiro de Madri a Milão, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Madri é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é enorme e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Madri, com dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente. Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Madri.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Madri

E outra dica importante é que alguns pontos turísticos, praias, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados da cidade, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Espanha é alugar um carro. Muitos brasileiros estão fazendo isso, pois você pode conhecer várias cidades da Espanha que são lindas fazendo um roteiro por Madri, Barcelona, Granada, Valência, Sevilha e até ir para Portugal.

Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro em Madri e na Espanha com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível, comparadores de preços excelentes, documentos necessários e tudo o que você precisa saber sobre o assunto para economizar e fazer o melhor negócio.

Viagem de carro pela Espanha

Veja outras matérias imperdíveis de Madri:

Onde ficar em Madri: Melhores regiões para se hospedar em Madri na Espanha.
Ingressos mais baratos: Onde comprar os ingressos das atrações turísticas e passeios.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags: