Barcelona, Espanha, O que fazer, Onde ficar, Hotel, Carro, Seguro

 


Santa Igreja Catedral Metropolitana da Encarnação em Granada


Visite a Catedral de Granada. Granada é uma cidade cheia de tradição e cultura e dentre seus pontos turísticos, se destacam muitos os de cultos religiosos, além das mesquitas e castelos deixados pelos árabes. A Catedral de Granada é um templo de culto católico e sede da arquidiocese da cidade. Além da importância religiosa, é um expoente do Renascimento espanhol. Outro ponto turístico muito visitado na cidade é La Alhambra.


Catedral de Granada


História da Catedral de Granada

O primeiro projeto da Catedral foi encomendado em 1506, inspirada na Catedral de Toledo, em estilo gótico. No entanto, o projeto passou para outro arquiteto, que o modificou a apresentando um novo modelo mais ambicioso, com linhas renascentistas sobre os cimentos góticos e cinco naves, ao invés das três que eram habituais. Em 1664, após uma queda econômica e a expulsão dos mouros, Alonso Cano reformou a fachada, adicionando assim os traços e elementos barrocos. Já em 1706, outros dois arquitetos construíram o santuário da catedral, de estilo rococó. 


História da Catedral de Granada


Capelas da Catedral

A Catedral possui diversas capelas em seu interior, muito bonitas e interessantes. A Capela da Virgem de Pilar, a Capela de Nossa Senhora de Carmen, a Capela de Nossa Senhora das Angústias, a Capela da Nossa Senhora a Antiga, a Capela de Santa Lúcia, a Capela do Cristo das Penas, a Capela de Santa Teresa, a Capela de San Blás, a Capela de San Cecílio, a Capela de San Sebastián, a Capela da Santa Ana, a Capela da Santíssima Trindade, a Capela de São Miguel e, a mais importante, a Capela Real, onde estão enterrados os Reis Católicos.


Capela de Santa Ana na Catedral de Granada


Capela Real de Granada 

Os Reis Católicos escolheram a cidade de Granada para serem enterrados. A capela foi construída entre 1505 e 1517 em estilo gótico, e foi originalmente, dedicada a São João Batista e São João Evangelista. Na Capela Real ficam outras sepultações, além dos Reis Isabel I de Castila e Fernando II de Aragón, como o sarcófago do infante Miguel de la Paz de Portugal, que era neto dos reis. Há também um museu, construído em 1913 e dedicado aos reis, com pinturas, quadros a um exemplar de Sandro Botticelli. 


Capela Real de Granada


Informações sobre a Catedral de Granada

As visitas à Catedral podem ser feitas de segunda a sábado das 10h às 18 h 30 min e aos domingos e feriados das 15h às 18h. A Catedral fica na Plaza de las Pasiegas e a entrada é paga. As crianças até 12 anos entram gratuitamente, a entrada individual com audio-guia gratuito custa 5€, para estudantes é 3,50€ e para grupos com radio-guia gratuito custa 5€. 


Túmulos dos Reis Católicos em Granada


Como economizar muito na viagem à Espanha

Não deixe de ver também a matéria de como economizar muito na Espanha com dicas incríveis para você economizar muito na sua viagem. Dá para economizar em todo o planejamento da viagem, nas reservas, passagens e em tudo o que for fazer por lá.

Veja outras matérias imperdíveis para quem vai viajar à Espanha:
O que fazer em Barcelona: Principais atrações e lugares de Barcelona na Espanha.
Seguro obrigatório para Europa: Como fazer o melhor seguro e pelo menor preço.
Como alugar um carro na Espanha: Dicas e como achar preços incríveis.

Postar um comentário

 
Top