Espanha

Roteiro por Espanha e França

Veja dicas de um roteiro por Espanha e França. Nesta matéria vamos sugerir um roteirinho para que aproveite ao máximo os dois países vizinhos, conhecendo algumas cidades pelo meio do caminho e descobrindo paisagens incríveis.

Sagrada Família em Barcelona

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito na Espanha. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Espanha vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais.

Veja um mapa com sugestões de cidades para visitar pelo caminho:

Roteiro Espanha + França

O que levar em consideração antes da viagem?

Quando se pensa em fazer um roteiro por mais de uma cidade, e no caso país, devemos levar em consideração alguns detalhes antes:

Número de dias: o número de dias que você possui para fazer o roteiro de Espanha a França é muito importante para saber – além de quantos dias ficar em cada cidade – que pontos turísticos e passeios fazer em cada uma delas e quais outras cidades dá para encaixar no caminho.

Viagem

Orçamento: o orçamento também é importante pois isso influencia como as viagens são feitas (ônibus, trem, aluguel de carro ou avião). Por exemplo: as viagens de ônibus e trem são as mais baratas, porém, as mais longas também. Já indo de carro, compensa um pouco mais (principalmente se for com mais gente) e o avião é a opção mais rápida, porém, nem sempre a mais barata!

Banner-Gabr

Distância: Essa viagem, se for feita totalmente de carro, conta com 2426km. Mas lembre-se que há diversos voos e promoções de paisagens entre muitos desses destinos.

  • Lembre-se que se for de avião (e não tiver cidadania europeia) terá de novamente mostrar passaporte e passar na imigração francesa.

Roteiro por Espanha e França

Como o número de dias de roteiro vai variar de leitor para leitor (e levando em conta os detalhes que mencionamos acima), vamos sugerir um roteiro de 15 dias para visitar esses dois países. Dessa forma, pode adaptar para mais dias ou para menos. A nossa sugestão de dias mínimos ficaria: Madri ( 2 dias); Valência (2 dias); Barcelona (3 dias); Montpellier (1 dia); Lyon (2 dias); Nantes (2 dias) e Paris (3 dias).

Arco do Triunfo em Paris

1º dia de roteiro: Madri

Comece pela Puerta del Sol, uma das antigas portas de entrada da cidade, da época em que havia uma muralha rodeando Madri. É lá que fica também o marco zero de Madri. Depois, vá visitar o Palácio Real de Madri, uma área enorme e residência oficial da família real espanhola. Quando sair de Palácio, verá que em frente há uma Catedral. Trata-se da primeira catedral espanhola consagrada por um papa, a Catedral de Almudena.

Puerta del Sol em Madri

Na hora do almoço, vá ate o Mercado San Miguel, ótima opção para experimentar pratos típicos espanhóis. À tarde, visite a Plaza Mayor, outro local muito importante para a cidade, e sua entrada se faz por apenas um dos noves pórticos. Se tiver ainda tempo, passeie pela Gran Via, umas das principais avenidas da cidade e com ótimas lojas para você fazer compras.

Mercado San Miguel em Madri

2º dia de roteiro: Madri

No segundo dia você pode visitar todos os principais museus da cidade, que não são poucos. Entre os melhores estão o Museu do Prado, Museu Thyssen e Museu de Arte Reina Sofia. Todos valem a pena, cada um com seu encanto e obras significativas. Perto do Museu Thyssen, fica a famosa fonte de Cibeles, a qual sempre aparece nas comemorações de futebol. O Palácio Cibeles fica lá também e se você subir ao topo do edifício terá uma vista de Madri muito bonita.

Museu Thyssen em Madri

Veja a lista de restaurantes em Madri e escolha o mais próximo para almoçar. À tarde, depois do almoço, descanse fazendo um passeio pelo Parque del Retiro, onde está o Palácio Velásquez, o Palácio de Cristal e a estátua do anjo caído, que diz a lenda que é a única estátua ”em homenagem” ao diabo na Europa. À noite, se ainda tiver energias, confiar os bares de Madripara curtir a noite da capital.

Vida noturna em Madri - bar

  • De Madri a Valência: 360 km (3h40min de carro)

3º dia de roteiro: Valência

Reserve o primeiro dia para conhecer a parte nova da cidade. Vá até à Cidade das Artes e Ciências e veja todos os pontos turísticos que ela tem. Parece tempo demais, mas você vai ver que o tempo dedicado a cada ponto turístico vai ocupar uma manhã e tarde.

Você pode visitar o Museu das Ciências; o Hemisfèric, um prédio em forma de olho e que tem um cinema em seu interior; e o Oceanogràfic, que é o aquário que faz a alegria das crianças. À noite, veja dicas de baladas em Valência, para ver o movimento e animação da cidade.

Cidade das Artes e Ciências em Valência

4º dia de roteiro: Valência

No segundo dia, dedique-se a visitar a parte antiga e histórica da cidade. A maioria dos pontos turísticos de Valência, que você ainda não visitou, fica no centro. Visite a Catedral de Valência, um dos pontos de interesse mais importantes.

Ela tem uma torre chamada Miguelete da qual a vista da cidade é muito bonita. Vale a pena o esforço de subir os 207 degraus. Almoce no Mercado Central de Valência e à tarde faça uma visita à Lonja de la Seda, um dos lugares que mostravam a riqueza da cidade na época.

Résultat de recherche d'images pour "Catedral de Valência"

  • De Valência a Barcelona: 348 km (3h44min de carro)

5º dia de roteiro: Barcelona

Comece o dia pela Plaça de Catalunya. Ela dá acesso às duas ruas mais importantes e famosas da cidade, Las Ramblas e Passeig de Gràcia. Las Ramblas na verdade é um conjunto de ruazinhas, mas uma delas ficou mais conhecida e por isso se generaliza chamando essa Rua de Las Ramblas.

Ela é cheia de árvores, barracas de lembrancinhas, muitos cafés e vários artistas fazendo suas artes ao ar livre. No lado direito de Las Ramblas fica o famoso Mercado La Boqueria, onde dá para petiscar e continuar aproveitando a tarde.

Mapa de rota entre o Mercado La Boquería, Monumento de Cristovão Colombo e Bairro Gótico a pé

Depois de almoçar em um dos mercados mais típicos de Barcelona, continue descendo Las Ramblas. No final dela, você vai encontrar um monumento de Cristóvão Colombo apontando para as Américas. Nessa parte inicia o Porto de Barcelona, onde fica o Aquário de Barcelona, uma atração muito legar para ir com crianças. Voltando em direção a Las Ramblas, tem uma entrada à direita que vai dar ao Bairro Gótico. Lá no bairro Gótico está a Basílica de Santa Maria del Mar e o Museu Picasso, uma das atrações mais famosas de Barcelona.

Bairro Gótico em Barcelona

Depois, vá conhecer a Catedral de Barcelona e outro lugar incrível: a Sagrada Família, que por fora já é linda, mas a entrada também vale a pena. Perto está o Palácio da Música Catalã, outra obra linda de Gaudí. Ao entardecer, passe no Arco do Triunfo de Barcelona e conheça o Parc de la Ciutadella. E para finalizar o primeiro dia, vá até o Passeig de Gràcia, onde estão duas outras obras imperdíveis de Gaudí: a Casa Batlló, e La Pedrera.

6º dia de roteiro: Barcelona

No segundo dia, comece pelo Estádio Camp Nou do Barcelona, se você gostar de futebol, mas mesmo que não seja muito apreciador, visite pelo menos o Museu do FC Barcelona, que é um lugar cheio de história e que contagia qualquer um que o visita, com tantos troféus e uma exposição interativa cheia de detalhes e informações.

Estádio Camp Nou do Barcelona

Depois vá para a Plaça Espanha, em um trajeto que dura 10 min de carro e 35 min utilizando o transporte público, onde esta o Museu Nacional de Arte da Catalunya, um museu fantástico e diferente, pois conta a história da arte da região da Catalunha.

Museu Nacional de Arte da Catalunya

7º dia de roteiro: Barcelona

Aproveite o último dia na cidade para conhecer o bairro Montjuic, onde está o castelo onde foram realizadas as Olimpíadas de Barcelona em 1992. Apesar de ficar do outro lado da cidade, arrume um tempinho para encaixar o Parc Güell, cerca de 25 minutos de carro de Montjuic. É também uma obra magnífica de Gaudí, e considerada uma das mais coloridas, além de ter um excelente espaço e muita flora, fora as vistas deslumbrantes de toda a cidade.

Teleférico de Montjuic em Barcelona

  • De Barcelona a Montpellier (França): 344 km (3h37min de carro)

8º dia de roteiro: Montpellier

Comece seu passeio pela Place de la Comédie, onde você pode aproveitar para tomar um café da manhã em uma das cafeterias ao redor da praça. Depois disso, siga para o Musée Fabre, que é o principal museu de arte em Montpellier e abriga uma das maiores coleções de pinturas francesas fora de Paris.

Ruas de Montpellier

Após o almoço, não deixe de visitar a catedral de Saint Pierre, que conta com um estilo gótico e foi fundada em 1364. Depois, siga para o Arco do Triunfo de Montpellier, que é muito parecido com o Arco do Triunfo de Paris, mas menor. Por fim, aproveite o fim da noite para curtir o melhor da culinária francesa em um dos principais restaurantes de Montpellier.

  • De Montpellier a Lyon: 304 km (3h11min de carro)

9º dia de roteiro: Lyon

Comece seu de dois em Lyon visitando a cidade pelo alto! Pegue um funicular até a colina de Fourvière, um bairro histórico da cidade. Lá em cima você vai encontrar a Basílica de Fourvière, um monumento muito marcante de Lyon. Outro ponto turístico que também fica no topo da colina da reza é o Teatro Antigo de Lyon, que é tão antigo que data do período romano.

Lá também será possível encontrar outras duas construções menores, mas tão interessantes quanto o teatro: o Odeão e um templo de adoração à deusa Celeste. Depois de passear pelas atrações do bairro, não deixe de conferir os melhores restaurantes de Lyon e se deliciar com os seus pratos típicos na hora do almoço. Há restaurantes que ficam no topo da colina, eles são uma ótima opção para quem quer curtir a bela vista durante a refeição.

Basílica de Fourvière

À tarde, vá até ao bairro Croix Rousse, identificado por suas casas e ruas de tons avermelhados. A melhor escolha para chegar até ele é o transporte público, pois o bairro fica numa região alta. É nesse bairro que estão os famosos Murs des Canuts, pinturas que representam a vida dos operários de antigamente. São uma atração imperdível da cidade! Aproveite para tirar muitas fotos no local pois as imagens são inacreditavelmente perfeitas!

Murs des Canuts

Faça a descida do bairro através dos traboules,  são passagens secretas e pátios interiores, aproveite para conhecê-los! Eles são uma forma interessante de conhecer o caminho da seda da época industrial  na cidade. Se tiver tempo, adicione ao seu roteiro de um dia em Lyon uma visita ao Ateliê da Seda, lá as explicações sobre os processos de tecelagem são super interessantes!

10º dia de roteiro: Lyon

No segundo e último dia de seu roteiro em Lyon, passeie pelo centro histórico da cidade, o Vieux Lyon, bairro que pertence à lista de Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Visite o Instituto Lumière, onde os irmãos Lumière criaram o cinematógrafo e as primeiras fotos coloridas. É um museu bastante interessante e interativo, uma ótima pedida para adultos e crianças.

Seguindo essa linha, visite o Museu da Miniatura e do cinema. É um passeio muito interessante pois há diversas réplicas de bonecos de filmes famosos e explicações de vários efeitos especiais! Após a visita aos museus, faça um tour pelas catedrais do centro da cidade, principalmente pela belíssima Catedral Saint-Jean, que teve uma construção que demorou mais de 300 anos. Aproveite para almoçar em um dos charmosos restaurantes de Vieux Lyon, fazendo seu roteiro de dois dias em Lyon ficar ainda mais gostoso!

 Catedral Saint-Jean em Lyon

  • De Lyon a Nantes: 686 km (6h25min de carro)

11º dia de roteiro: Nantes

Para aproveitar bastante seu dia, escolha bem onde ficar em Nantes. Assim, não precisará ficar se preocupando com locomoção na cidade. Ao sair do seu hotel, pela manhã, comece o passeio pela atração principal de Nantes, a Île des Machines! Lá, aproveite para assistir às exibições e conhecer um pouco da história do local. É tudo muito incrível e há muitas opções de entretenimento, por isso, o ideal é passar a manhã inteira por lá.

Iles de Machines em Nantes

Na parte da tarde, aproveite para visitar a Catedral de São Pedro e São Paulo de Nantes. A construção da catedral durou mais de 500 anos e é enorme, mais ou menos do tamanho deNotre Dame de Paris. Por fim, para encerrar o dia, siga para o Jardin des Plantes, que está entre os 4 maiores da França. É um ótimo lugar para fazer um piquenique e descansar de um dia agitado, mas incrível, em Nantes!

Jardin des Plantes em Nantes

12º dia de roteiro: Nantes

No seu segundo dia na cidade, comece o passeio visitando um dos maiores monumentos de Nantes, o Castelo dos Duques da Bretanha. Ele foi construído em 1466 pela ordem de Francisco II. Além de ser belíssimo, esse castelo conta com um museu dentro dele. Vale muito a pena visitar, tanto pela história, quanto pela arquitetura do local. Gaste uma manhã por lá e observe cada detalhe do monumento.

Castelo dos Duques de Bretanha

No período da tarde, continue seu passeio pelos museus da cidade e conheça o Museu Dobrée, que tem o nome de seu fundador – o famoso filantropo Thomas Dobrée que viveu em Nantes no século XIX. Além disso, faça uma parada no Museu de História Natural de Nantes e conheça um pouco do passado da cidade. Depois, pegue o carro até o seu último destino, Paris!

  • De Nantes a Paris: 384 km (3h49min de carro)

13º dia de roteiro: Paris

Em seu primeiro dia por Paris, visite a Torre Eiffel e o Museu do Louvre. Este trajeto é possível fazer caminhando, são uns 12 quilômetros, mas que passam despercebidos porque as novidades e paisagens do percurso vão distraindo e muito. Dá para passear nos Jardins do Trocadéro, visitar a Torre Eiffel, ver o lindo Champ de Mars desde lá de cima, passear pelo Arco do Triunfo, visitar os Champs Élysées, a Place de la Concorde, o Jardin des Tuileries.

Torre Eiffel em Paris

Também é possível finalmente conhecer o Museu do Louvre. O museu é enorme, então vale a pena dedicar a tarde inteira a ele. Caso prefira, ou não tenha dado tempo para visitar os outros lugares citados aqui, pode deixá-lo para o dia seguinte.

14º dia de roteiro: Paris

Caso não dê tempo de ir ao Louvre logo no primeiro dia, por seu tamanho e dedicação requerida, também dá para visita-lo no segundo. A dica nesse caso é chegar bem cedo e começar a vista (que pode levar a manhã inteira). Ele é um dos museus mais completos em relação a obras, arte e pinturas. No próprio Museu do Louvre há restaurantes, então é possível almoçar lá antes de partir para os outros pontos turísticos. Depois dá para passear pela Pont des Arts, que ficou muito popular por seus cadeados de casais apaixonados (os quais já foram retirados pelo excesso de peso) e fica lá perto.

Museu do Louvre em Paris

Depois de passear pela ponte, vá visitar a Catedral de Notre Dame, que além de ficar pertinho, é a catedral mais famosa da França. Ao cruzar a Ponte Neuf, você já estará na Île de la Cité, uma região bem bonita da cidade e onde se encontram alguns dos principais pontos turísticos da cidade, como a própria Catedral; a Sainte Chapelle; entre outros. O nome da catedral deve-se a que ela foi dedicada à mãe de Jesus “Nossa Senhora”. Para finalizar o passeio, visite o Hôtel de Ville, onde fica a prefeitura de Paris.

Catedral de Notre Dame em Paris

15º dia de roteiro: Paris

No último dia, para ficar com vontade de voltar numa próxima viagem, recomendamos outros pontos turísticos muito interessantes. E claro, lugares para fazer comprinhas economizando muito. Comece por visitar o Sacré Coeur, a Basílica do Sagrado Coração.

Vá preparado, porque a escadaria da Basílica não é mole, mas a caminhada e o esforço físico valem a pena, não só por estar em Paris – que já um belo motivo – mas também porque de lá de cima a vista é espetacular! Depois vá ao Moulin Rouge, que fica na mesma região, a qual está lotada de cafés e os melhores restaurantes de Paris.

Sacré Coeur em Paris

Para finalizar o passeio do último dia, delicie-se com as Galeries Lafayette, que tem muita acessibilidade por quase todas as linhas do metrô. É um dos shoppings mais famosos do mundo, um lugar elegante e a decoração é linda. Aproveite que já visitou tudo para comprar as lembrancinhas e outros itens que lhe interessar, já que depois é só chegar ao hotel e descansar dos três dias rápidos, mas intensos que a capital francesa lhe ofereceu.

Galeries Lafayette em Paris

Dicas de hospedagem para ficar no roteiro por Espanha e França:

Comparador de preços de carros em Espanha

Uma dica legal para pesquisar o preço em todas essas grandes empresas é usar esse incrível comparador de preços de carros que compara o preço em todas as principais empresas de aluguel de carro em Sevilha, Barcelona, Madri, Espanha e toda a Europa. O comparador é realmente excelente e compara todos os modelos de carros de mais de dez empresas que são de confiança e acha os melhores preços e promoções.

E se quiser já faça a sua reserva online o quanto antes, pois quanto mais perto da viagem, mais vai aumentando o valor e ficando mais caro. Nós sempre utilizamos esse comparador de preços e já chegamos a alugar carros em Paris e Barcelona por quase metade do valor que tinham nos passado diretamente na locadora.

Comparador de preços de carros

Descobrimos que além de pesquisar em todas as empresas, ele é o maior comparador de carros do mundo e por isso tem parcerias e preços imbatíveis com as locadoras. Existe também esse outro comparador de preços que é bem parecido, tem as mesmas empresas, mas você pode parcelar em até 12 vezes sem juros e não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais. Vale a pena comparar os dois e ver qual vale mais a pena.

Documentos para alugar um carro em Málaga

A primeira dica e talvez a mais importante é que em alguns países da Europa como a Áustria e a Grécia, podem exigir a PID, carteira de habilitação internacional. Em Sevilha não é necessário. Na Espanha é só apresentar a carteira de habilitação brasileira e o seu passaporte.

Passaporte para aluguel de carro

Passo a passo para achar passagens baratas para Espanha e França

É difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar passagens aéreas baratas para Espanha e França. A primeira grande dica é acessar algum comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas para os dois países. Ele poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse comparador de passagens aéreas, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil. Clique nele e siga as dicas abaixo que você vai economizar muito na compra das passagens aéreas. Só de utilizar ele, você já vai conseguir achar os melhores preços e as melhores opções de passagens.

Passagens de avião

Muito mais dicas da Espanha no Youtube!

Está gostando da matéria? Não deixe de visitar também o nosso canal no Youtube. Tem vários vídeos incríveis da Espanha, com muito mais dicas, para te ajudar a planejar toda a sua viagem. Se quiser, clique aqui para se inscrever no canal ou aqui para ver a playlist com todos os vídeos da Espanha. Esse vídeo é o mais assistido do canal:

Economize muito na viagem à Espanha

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre roteiro por Espanha e França, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir a qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Use seu celular à vontade na Espanha e na Europa

Poder usar seu celular na Espanha, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Com ele, poderá usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, escanear cupons de descontos, pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e se conectar através das redes sociais.

Outra vantagem, é que com internet você não precisa alugar um GPS para o seu carro, o que fará você economizar uns 100€. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre roteiro por Espanha e França quando estiver lá.

Use seu celular à vontade em Espanha

Dicas dos ingressos das atrações da Espanha

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Barcelona e Madri, é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para a Espanha todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Veja outras matérias imperdíveis da Espanha:

O que fazer em Barcelona: Principais atrações e lugares de Barcelona na Espanha.
O que fazer em Madri: Principais atrações e lugares de Madri na Espanha.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags: